Cariri Música Revista Charm

“Eu primeiro cantei do que falei”: a música de Bárbara Gomes

1002929_411090965675836_1950264637_n

Aos 20 anos Bárbara Gomes quer viver de música e não pensa em outra coisa. Persistente, ela acredita que é preciso lutar para conquistar o seu espaço no meio artístico e, como diz, está disposta para isso

15621668_1145843072200618_6861415100317868573_nQuando menina, Bárbara Gomes, 20, sentava na calçada de casa para cantarolar, era algo que vinha de dentro e da forma mais natural possível. Ia para a igreja cantar e fazer os salmos, mas foi após o convite de sua tia para começar a estudar violão e ao participar do Festival Música na Ibiapaba que ela entendeu “o que a música era”. Cantou em coral da igreja

Ao concluir o ensino médio se deparou com o desejo de cursar Música na Universidade Federal do Cariri (UFCA), prestou vestibular e passou. “As pessoas diziam: ‘vamos participar da festa de São José’ ganhava uma graninha aqui e acolá”, conta Bárbara. Depois do curso decidiu que iria tocar duas carreiras: a acadêmica e musical. Começou a vender shows, fazer parcerias, tocou em bandas e desenvolveu repertório autoral enquanto continuava os estudos.

Hoje está com o trabalho de dois músicos nos quais ela diz agradecer bastante, o Deméstrius Candido e Hugo Linard desenvolvendo repertório MPB e Sertanejo. Recentemente, Bárbara gravou uma música em homenagem ao cantor Luiz Gonzaga, ela conta que seu avô gostava muito do cantor e a região do Cariri mantém um respeito pelo mestre sanfoneiro.

As maiores inspirações da cantora é Elis Regina e Luiz Gonzaga. “Ela pela inspiração, história e desempenho e ele por ser nosso e dar nome ao Nordeste”, diz. Os planos são dar continuidade aos estudos musicais, intensificar bastante os vídeos no canal e lançar um EP. “É o ar que eu respiro, é algo que eu preciso para poder viver, sobreviver, eu preciso viver música, aprender música e tocar música, porque ela faz parte do meu ser”, explica Bárbara sobre a necessidade de viver o dom da música dentro de si.

Ribamar Junior

Deixe um comentário

Powered by keepvid themefull earn money